Sobrevivência Aplicada – EP0

Tem série nova no canal!

Com 11 episódios, a série Sobrevivência Aplicada aborda o treinamento básico da D. Raposa em técnicas básicas de sobrevivência em ambiente hostil.

O objetivo principal é mostrar a importância do preparo da família para diversas situações. Vale salientar que:

1- Cada vídeo possui cenas gravadas em dias e locações diferentes, de acordo com a oportunidade que temos, a continuidade será temática de acordo com o conteúdo;
2- Não há rótulos aqui, nem enfoque especial para grupos ou segmentos, só sobrevivência pura e simples;
3- Somos pessoas felizes e esta felicidade se reflete em nosso trabalho, não omitiremos cenas engraçadas ou de humor;
4- Erros, falhas e acertos serão mostrados;
5- Não serão episódios curtos, não vou abreviar testes ou técnicas com edição;
6- Criticas e sugestões serão bem vindas, mimimi e falta de respeito leva ban;
7- Não gostou vaza;
8- Gostou ENFIA O DEDÃO NO LIKE E COMPARTILHA JÁ.
9- Obrigado pelo privilégio de ter você aqui. Motive-se a sair mais com sua família, esposa, marido, filhos, cachorro… quanto mais gente preparada, melhor.

Spoillers dos próximos episódios no nosso instagram (@guiadosobrevivente), vai lá… e té maissss!

 

 

Nossos agradecimentos aos apoiadores do projeto: Warfare, Via de Fuga (paracord e bota evasão 1 ), Crosster  e  FASB

2 thoughts on “Sobrevivência Aplicada – EP0”

  1. Batata e Dona Raposa, assisti ao vídeo e constatei que não uso 90% dos “kits” que usam.
    Já falei antes da década que vivi isolada numa floresta e outros detalhes desta experiência.
    Assistindo ao vídeo percebi que sou bruta, extremamente bruta. Sou capaz de levar uma jornada de pelo menos 20 km sem parar para nada, a não ser atender ao eventual apelo da minha bexiga.
    Achei muito legais suas instruções sobre preparação, muito importantes mesmo para quem vive a normalidade do dia-a-dia. Eu, no entanto, não faço nada disso.
    Nunca dou informações sobre para onde vou ou o que farei a ninguém.
    Quando saio, nada em mim denuncia minhas intenções. Se vou ficar fora 10 minutos, 10 horas ou dez anos, ninguém notará a diferença nas minhas atitudes ou paramentos.
    Como em novembro de 1991, quando meu filho mais velho foi sequestrado, meu mundo ainda é hostil e vivemos sob ameaça.

  2. O BATATA TU BEM QUE PODIA OFERECER UM CURSO ASSIM PARA NÓS TEUS SEGUIDORES FIÉIS.NEM QUE FOSSE DE UM DIA OU DOIS TALVEZ(NUM VALOR ACESSIVEL).BATATA QUANDO ESTIVER AQUI NO RIO GRANDE DO SUL ME PROCURA PARA TOMARMOS UM CHIMARRÃO E COMER UMA COSTELA GORDA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *